FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO

HOME | Cursos

CURSOS DA FATEC-SP (IV)

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA MECÂNICA EM
PROCESSOS DE PRODUÇÃO

PROCESSOS DE PRODUÇÃO

O CURSO

O curso Superior de Tecnologia Mecânica - Modalidade Processos de Produção visa a atender segmentos atuais e emergentes da atividade industrial, tendo em vista a constante evolução tecnológica.

Estruturalmente, o curso é ministrado com base em projetos reais, estudo de casos em laboratórios específicos aparelhados para reproduzir as condições do ambiente profissional, permitindo ao futuro tecnólogo participar de forma inovadora das várias atividades de sua área.

O Tecnólogo em Mecânica - modalidade Processos de Produção é o profissional de nível superior que, pela sua formação direcionada, está apto à atuação imediata e qualificado em sua especialidade.

Através do domínio e aplicação de conhecimentos científicos e tecnológicos necessários as atividades de ensino, pesquisa, desenvolvimento e gestão tecnológica, transformando esses conhecimentos em processos, projetos, produção, serviços e/ou produtos.

Atuam na atividade industrial, promovendo mudanças e desenvolvimento, fundamentando suas decisões no saber tecnológico e na visão multidisciplinar dos problemas que lhes compete solucionar.


Perfil Profissional

Está habilitado a projetar, dirigir e supervisionar sistemas de operações mecânicas, voltados a processos de fabricação.

Domina o funcionamento, as características e a manutenção de máquinas operatrizes, máquinas ferramentas, ferramentas e dispositivos em geral, podendo administrar todo um processo de produção mecânica.

Tem domínio também dos processos de produção com base na automação mecânica.

Tem conhecimento dos controles administrativos da produção, podendo atuar na área de organização e gerenciamento de sistemas de produção.

Sabe como utilizar os materiais de construção mecânica.

Tem domínio sobre máquinas-ferramentas e dispositivos de produção.

Pode dedicar-se ao ensino, à pesquisa tecnológica, bem como realizar vistoria, avaliação e laudo técnico em campo profissional.


Competências e habilidades

Competências

  • Projetar, programar e aperfeiçoar processos de produção, considerando os limites e as características envolvidas;
  • Utilizar as ferramentas da matemática e da estatística para modelar processos de produção e auxiliar na tomada de decisões;
  • Prever e analisar demandas, selecionar tecnologias e aplicações;
  • Incorporar conceitos e técnicas da qualidade no sistema produtivo, em seus aspectos tecnológicos e organizacionais, aprimorando processos e sistemas, e produzindo normas e procedimentos de controle e auditoria;
  • Acompanhar os avanços tecnológicos, colocando-os a serviço da demanda das empresas e da sociedade;
  • Compreender e analisar os indicadores de desempenho e sistemas de custeio a fim de viabilizar econômica e financeiramente os processos de produção;
  • Aplicar a legislação e as normas técnicas referentes aos produtos, de saúde e segurança no trabalho, da qualidade e ambientais;
  • Coordenar e supervisionar equipes de processos de produção;
  • Desenvolver as atividades de docência e pesquisa, na área de sua formação.

Habilidades

  • Aplicar e selecionar o método e o processo apropriado;
  • Desenvolver processos de produção;
  • Aplicar a legislação e normas referentes ao processo, qualidade, saúde e segurança no trabalho e ambientais;
  • Elaborar desenhos, representações gráficas e projetos;
  • Elaborar relatórios, gráficos, tabelas e pareceres referentes ao desenvolvimento do processo de produção;
  • Identificar e especificar materiais, insumos e elementos de máquinas;
  • Aplicar recursos de informática;
  • Especificar critérios de produtividade e qualidade;
  • Estabelecer critérios para a introdução de novas tecnologias;
  • Identificar as características de operação e controle dos processos de produção;
  • Conhecer e aplicar formas de gestão da produção.

Atitudes

  • Compromisso com a ética profissional;
  • Iniciativa empreendedora;
  • Disposição para auto-aprendizagem e educação continuada;
  • Responsabilidade social e ambiental;
  • Trabalhar em equipes multidisciplinares.

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM
PROJETOS

PROJETOS

O CURSO

O curso Superior de Tecnologia Mecânica - Modalidade Projetos visa a atender segmentos atuais e emergentes da atividade industrial, tendo em vista a constante evolução tecnológica.

Estruturalmente, o curso é ministrado com base em projetos reais, estudo de casos em laboratórios específicos aparelhados para reproduzir as condições do ambiente profissional, permitindo ao futuro tecnólogo participar de forma inovadora das várias atividades de sua área.

O Tecnólogo em Mecânica - modalidade Projetos é o profissional de nível superior que, pela sua formação direcionada, está apto à atuação imediata e qualificado em sua especialidade.

Através do domínio e aplicação de conhecimentos científicos e tecnológicos necessários as atividades de ensino, pesquisa, desenvolvimento e gestão tecnológica, transformando esses conhecimentos em processos, projetos, produção, serviços e/ou produtos.

Atuam na atividade industrial, promovendo mudanças e desenvolvimento, fundamentando suas decisões no saber tecnológico e na visão multidisciplinar dos problemas que lhes compete solucionar.

Perfil Profissional

Está habilitado a realizar projetos, com detalhamento técnico de sistemas mecânicos que envolvam máquinas, motores, instalações mecânicas e termomecânicas.

Domina a técnica do projeto de máquinas, dispositivos, ferramentas de produção mecânica e equipamentos industriais.

Tem o conhecimento de todos os materiais usuais em construção mecânica e suas aplicações práticas.

Está capacitado a atuar na área de planejamento e organização industrial mecânica, tanto para processos como para produtos industriais.

Pode dedicar-se ao ensino e à pesquisa tecnológica, bem como realizar vistoria, avaliação e laudo técnico em seu campo profissional.

Competências e habilidades

Competências

  • Projetar e especificar os elementos de produtos, máquinas ou sistemas mecânicos, considerando-se as características e funcionalidade;
  • Utilizar as ferramentas da matemática e estatística para modelar produtos, máquinas e sistemas mecânicos;
  • Selecionar e especificar materiais, insumos e elementos de máquinas;
  • Acompanhar os avanços tecnológicos, colocando-os a serviço da demanda das empresas e da sociedade;
  • Compreender e analisar indicadores de desempenho e sistemas de custeio a fim de viabilizar econômica e financeiramente o projeto;
  • Aplicar a legislação e as normas técnicas referentes aos produtos, de saúde e segurança no trabalho, da qualidade e ambientais;
  • Coordenar e supervisionar equipes de projetos;
  • Desenvolver as atividades de docência e pesquisa, na área de sua formação.

Habilidades

  • Aplicar metodologia de projetos;
  • Aplicar a legislação e normas referentes ao produto, qualidade, saúde e segurança no trabalho e ambientais;
  • Elaborar desenhos e projetos;
  • Elaborar relatórios, gráficos, tabelas e pareceres referentes ao desenvolvimento do projeto;
  • Identificar e especificar materiais, insumos e elementos de máquinas.

Atitudes

  • Compromisso com a ética profissional;
  • Iniciativa empreendedora;
  • Disposição para auto-aprendizagem e educação continuada;
  • Responsabilidade social e ambiental;
  • Trabalhar em equipes multidisciplinares.

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM
SOLDAGEM

SOLDAGEM

Atribuições do Tecnólogo em Soldagem

O tecnólogo em Soldagem está habilitado a projetar detalhes específicos em construções soldadas de todos os tipos; solucionar problemas em solda de manutenção; especificar os materiais de adição, dimensões e formas; selecionar métodos e processos, do ponto de vista técnico e econômico; especificar os equipamentos; orientar a seleção, o treinamento e a classificação de soldadores, acompanhando o seu desempenho; analisar os conjuntos soldados dos pontos de vista da Mecânica, Metalurgia, Produção e Economia; executar ensaios de soldabilidade e de qualidade dos materiais e serviços; selecionar produtos e corpos de prova para análise, interpretando os resultados dos ensaios; supervisionar mão-de-obra, material, equipamento, investimento e segurança; dedicar-se ao ensino e à pesquisa aplicada, bem como realizar vistoria, avaliação e laudo técnico, dentro de seu campo profissional.

Disciplinas de Formação Profissional

Cálculo e Projeto de Elementos de Máquinas, Cálculo e Projeto de Estruturas Soldadas I e II, Cálculo I e II, Ciência dos Materiais, Comunicação e Expressão, Desenho Técnico, Desenvolvimento Comportamental, Diretrizes para Elaboração de Textos Técnicos, Eletricidade e Eletrônica Aplicadas na Soldagem, Estatística, Física, Fundamentos da Termodinâmica, Geometria Analítica, Gestão Ambiental na Soldagem, Gestão da Manufatura na Soldagem, Gestão da Produção na Soldagem, Gestão da Qualidade, Gestão de Pessoas e Ética, Higiene e Segurança no Trabalho para Soldagem, Inglês I, II, III e IV, Inovação e Empreendedorismo, Introdução ao Desenho Assistido por Computador, Laboratório de Ensaios da Qualidade, Laboratório de Processos na Soldagem I e II, Metalurgia na Soldagem, Metalurgia Físico-Química, Metodologia da Pesquisa Científico-Tecnológica, Normas Técnicas Aplicadas na Soldagem, Processos de Fabricação Mecânica, Processos e Aplicações Especiais, Produtividade e Custos em Processos de Soldagem, Resistência dos Materiais I e II, Robótica para Soldagem,

Sistemas Flexíveis de Manufatura, Solda de Manutenção I e II, Solda, Corte e Informatização, Soldagem na Produção Seriada, Tecnologia da Soldagem de Ligas Ferrosas, Tecnologia da Soldagem de Ligas Não Ferrosas, Tecnologia dos Processos de Soldagem I e II, Tecnologia de Ensaios da Qualidade I e II, Tecnologia na Fabricação de Conjuntos Soldados I e II, Tecnologia no Tratamento de Superfícies, Terminologia e Desenho para Soldagem.

Reestruturação do Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em Soldagem

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM
GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS GASTRONÔMICOS

Gestão de Empreendimentos Gastronômicos

PERFIL PROFISSIONAL

O Tecnólogo em Gestão de Empreendimentos Gastronômicos planeja, organiza, executa e gerencia serviços de alimentação e bebidas em diversos tipos de empreendimentos gastronômicos como restaurantes (comerciais e industriais), bares, cafeterias, serviços de catering e afins. Esse profissional, também, organiza e desenvolve critérios de qualidade, sustentabilidade e segurança alimentar em matérias-primas, fornecedores e produtos. Planeja e organiza eventos gastronômicos de forma sustentável, inclusiva, ética e responsável. Contextualiza os diferentes tipos de empreendimentos gastronômicos, considerando as diferentes realidades regionais, nacionais e globais e suas inter-relações no ambiente natural, sociocultural e econômico. Desenvolve e organiza a logística para serviços gastronômicos. Aplica as novas tecnologias da informação e estratégias de gestão para os empreendimentos gastronômicos. Desenvolve e aplica planos de marketing, comercialização e promoção de empreendimentos e serviços gastronômicos.

ÁREAS DE ATUAÇÃO

O profissional de Gestão poderá atuar de diferentes formas no mercado de trabalho. Ele projeta, planeja, gerencia e operacionaliza estabelecimentos e serviços no setor de alimentos e bebidas. Identifica, seleciona e adquire mobiliário, equipamentos, utensílios e insumos para o setor de alimentos e bebidas. Controla e avalia custos e orçamentos. Coordena equipes de trabalho nos serviços de hospitalidade em bares, restaurantes e similares. Elabora e analisa cardápios. Organiza projetos de fluxo de trabalho em cozinha, salão, bar e demais áreas no setor de alimentos e bebidas. Planeja e organiza eventos gastronômicos. Desenvolve pesquisas e estudos de mercado no setor de alimentos e bebidas. Identifica tendências de mercado e inovações tecnológicas no setor de alimentos e bebidas. Realiza assessoria e consultoria nos empreendimentos gastronômicos.

APTIDÃO DO PROFISSIONAL

- Aplicar as novas tecnologias da informação usuais para o setor alimentação e outros recursos tecnológicos;
- Comunicar, articular e negociar parceiros, fornecedores e clientes no mercado gastronômico;
- Desenvolver e organizar a logística para serviços gastronômicos;
- Desenvolver e organizar a logística para serviços gastronômicos;
- Empreender seu próprio negócio na área de gastronomia; e
- Realizar pesquisas científicas e de mercado, tendências gastronômicas e inovações.

ÁREA – EMPREENDIMENTO GASTRONÔMICO

FORMA DE ACESSO

Vestibular – Classificação em Processo Seletivo realizado em uma única fase, com provas das disciplinas do núcleo comum do ensino médio ou equivalente, em forma de testes objetivos e uma redação.

DADOS GERAIS

Horário das aulas
Tarde: 12h50 às 18h25

Duração da hora/aula: 50 minutos

Observação:
- Poderão ocorrer aulas práticas em Laboratório e Visita Técnica aos sábados manhã.
- Poderão ter disciplinas online.

Carga horária total do Curso:
Total: 2800 horas, sendo 2.400 horas aulas + 160 horas de Trabalho de Graduação + 240 horas de Estágio Supervisionado.

Número de vagas oferecidas
Tarde: 40 vagas, por semestre

Tempo para integralização:
Mínimo: um prazo mínimo de seis semestres
Máximo: igual a 1,5 vezes (uma vez e meia) mais um semestre em relação ao prazo mínimo sugerido para a sua integralização.

Páginas 1 | 2 | 3 | 4