Laboratório de Processos e Dispositivos

Nome: Laboratório de Processos e Dispositivos - LPD
Vinculado ao Departamento de Sistemas Eletrônicos
Responsável: Prof. Dr. Luís da Silva Zambom
Localização: Térreo do Bloco C

Projetos de Pesquisas:
Deposição de filmes finos metálicos e não metálicos - Responsável: Prof. Dr. Luís da Silva Zambom
A construção de dispositivos microeletrônicos, como por exemplo, capacitores, diodos, transistores e sensores, é baseado na utilização de diferentes materiais, na forma de filmes finos, depositados sobre uma placa de vidro, silício ou outro material. O trabalho que vem sendo desenvolvido, em conjunto com o Laboratório de Sistemas Eletrônicos - EPUSP, consiste em obter diferentes materiais utilizados em microeletrônica, através das técnicas de evaporação e sputtering, como por exemplo, óxido de silício, nitreto de silício, oxinitreto de silício, óxido de estanho, óxido de estanho, silício amorfo, etc, e caracterização elétrica e físico-química.

Ecologia Industrial, Gestão e Educação Ambiental - Responsável: Profª. Drª. Maria Lúcia Pereira da Silva
A Ecologia Industrial preconiza que os empreendimentos devem apresentar desempenho próximo dos sistemas naturais e que, portanto, sejam analisados a partir de critérios similares aos utilizados para sistemas naturais. Assim, é objetivo geral deste grupo de pesquisa avaliar o setor eletroeletrônico e suas áreas produtivas para propor alternativas que garantam a melhoria da sustentabilidade do empreendimento. Para tanto, os objetivos específicos a serem atingidos encontram-se em três grandes frentes, como segue: 1) na base da cadeia o teste de novos materiais, especialmente filmes adsorventes, para o desenvolvimento de novos dispositivos, por exemplo, novos sensores; 2) na produção de estruturas miniaturizadas, úteis para a Engenharia Química e/ou análises químicas; 3) na Educação em Engenharia para criar correlações entre todos os objetivos específicos.

Uso de nanofibras em estruturas miniaturizadas - Desenvolvido pela Profª. Drª. Ana Neilde Rodrigues da Silva e Profª. Drª. Maria Lúcia Pereira da Silva
No Grupo de Nanofibras e de Ecologia Industrial, o uso de nanofibras está sendo avaliado para a obtenção de estruturas miniaturizadas com maior capacidade de adsorção e melhor limite de detecção. Para tanto, o objetivo desta frente é a simulação do comportamento e a obtenção de tais fibras em dimensões críticas. Nestes projetos o pensamento sistêmico é parâmetro fundamental, o que garante o aprofundamento da questão da gestão ambiental e o escopo é primordialmente o setor secundário, grande produtor de bens de consumo.



Coordenador: Prof. Dr. Luís da Silva Zambom
Profª. Drª. Maria Lúcia Pereira da Silva
Profª. Drª. Ana Neilde Rodrigues da Silva